Hair

09:26

Cabelo. O cabelo é só a moldura do nosso rosto. O que interessa ter uma fotografia engraçada numa moldura horrível? Todo o conjunto tem de funcionar em harmonia.
Quem me dera perceber imenso de cortes de cabelo para saber qual fica melhor de acordo com o formato do rosto, mas já existem muitos profissionais que fazem este serviço. Para mim, o mais fácil é sem dúvida apostar no cabelo mais ou menos comprido: pelos ombros ou mais abaixo, mas repito que isto é o que fica bem a mim. Em relação à minha irmã mais nova, por exemplo, adoro vê-la com cortes mais curtos, pelo queixo.
Seja qual for a cor, o comprimento ou o corte, o importante é que o cabelo esteja cuidado. Todas nós temos jeitos, remoinhos, caracóis, cabelo escorrido ou volume em excesso... Acho que a única que acorda com o cabelo perfeito é a Gisele Bundchen que assim que levanta a cabeça da almofada já tem aquele ondulado tipo sereia e não precisa de fazer mais nada. Nós, as outras mortais, temos de recorrer às milhares de ferramentas que temos hoje em dia disponíveis e que nos dão um jeitão.

Em casa tenho vários produtos para o cabelo, sendo a maioria do supermercado e de marcas bastante diversificadas. Tenho champôs para cabelo seco ou para o alisarem, amaciadores, máscaras, óleos para as pontas espigadas, óleos para darem brilho, óleos para alisar o cabelo, spray para proteger o cabelo da temperatura quente, spray para proteger o cabelo do sol, espumas, lacas... Claro que não uso tudo ao mesmo tempo, mas sim de acordo com o que acho que o meu cabelo está a precisar ou de acordo com o efeito que quero criar.

Em relação a aparelhos para moldar o cabelo, tenho uma chapa alisadora fantástica da Rowenta (Wet and Dry). 
Recebi-a no Natal e farto-me de usar. Dá para usar tanto em cabelo seco como molhado. Atinge uma temperatura de 230º, por isso consegue alisar todo o meu cabelo num abrir e fechar de olhos. O cabelo fica muito macio e brilhante. Eu costumo tomar banho à noite, mas se acordo de manhã e o cabelo está todo deficiente, lá dou um jeitinho com a minha chapinha. É rápido, rápido!
Quando estou com mais paciência, uso o ferro para enrolar. Tenho um já velho da Phillips, mas é péssimo porque não aquece nada. Agora comprei um por menos de €15 da Remington no Mini Preço que não é mau, mas também não é perfeito. Em relação à temperatura atinge os 160º e por isso até é relativamente rápido, mas o ferro é muito fininho. Um ferro mais grosso cria um ondular muito mais engraçado, como tinha a Hillary Duff no filme. Tenho de procurar outro. Dão-me alguma sugestão?  
Também sei colocar muito bem rolos. O problema é que demoram imenso tempo a secar e, se estiverem mesmo bem colocados, fazem uma dor de cabeça daquelas. Apesar de gostar do efeito final, não recomendo este método.

Seja qual for a opção escolhida para arranjar o cabelo, o importante é que o arranjem. Não se deixem vencer pela preguiça e sair de casa para trabalhar com o cabelo todo desgrenhado. Dá uma imagem de desmazelo e se o formos connosco, pode ser sinal que também o somos com o nosso trabalho.
Última sugestão: Se não tiverem tempo para nada, uma vez ou outra podem optar por fazer um rabo de cavalo, mas certifiquem-se que usam espuma ou laca para não ficarem com pontas soltas.
Não se esqueçam que a moldura e a fotografia devem criar um efeito harmonioso.

Xoxo

You Might Also Like

0 comentários

Seguidores

Like us on Facebook