Coral das Caraíbas

21:47


No final de 2008 casei-me e fui de lua de mel. Estive em Miami e em Antígua (Caraíbas).
Este post podia ser sobre a viagem, mas não é. Esta introdução é só para contar que em Antígua apanhei um coral e trouxe-o para Portugal. Confesso que não sei se isso era permitido.
Há um mês atrás andei a arrumar a minha arrecadação e encontrei uma caixinha com o tal coral e conchinhas de Antígua e não só. Nunca mais me tinha lembrado dele, nem sei como sobreviveu.
Quis expô-lo na minha estante nova (ainda não vos mostrei), mas surgiu-me a dúvida de como é que o havia de manter em pé, uma vez que a base é a parte mais estreita. Deixem-me mostrar.


E do que é que me lembrei?
Fazer uma base em parafina usando velas redondas que tenho a montes aqui em casa.


Tirei-lhes o alumínio e o pavio e derreti-as.


Isto derrete num abrir e fechar de olhos, mesmo com o lume no mínimo.
Arranjei uma caixinha pequena e quadrada e deitei a parafina lá para dentro e tentei centrar o coral.


Coloquei no frigorífico e esperei que solidificasse.
A vantagem da caixa ser de plástico é que na altura de desenformar a caixa mexe-se e fica mais fácil tirar.

Et voilá


Boa semana a todos!

You Might Also Like

0 comentários

Seguidores

Like us on Facebook