My bed makeover

19:12

O fim de semana passado foi muito produtivo.
No sábado fiz uma transformação à minha cama e no domingo tratei da parede do hall à qual tinha tirado o papel.
Hoje venho mostrar-vos o que fiz à minha cama.
Em primeiro lugar devo dizer que se fosse hoje em dia eu teria comprado um sommier e fazia, ou mandava fazer, uma cabeceira daquelas fofinhas em capitoné como se vêem em milhentos blogs americanos.
A minha cama é em madeira, escura, com linhas direitas e cabeceira baixa. A única coisa que me agrada é ser larga e eu poder esticar-me à vontade.
Para variar pensei em pintá-la, mas sozinha em casa com estes dois miúdos essa tarefa torna-se impossível. Como eu adoro de paixão o meu agrafador elétrico lembrei-me de o usar para forrar a cama. 
Já há mais de dois meses vi um tecido cinzento no Ikea que me pareceu giro e comprei-o. É este.
No sábado a decisão de forrar a cama foi meio por impulso. Estava em casa e queria aproveitar para pôr em prática este plano, o que não significava que eu tivesse todos os materiais necessários.
Lembrei-me que não devia aplicar o tecido diretamente por cima da madeira, pois corria o risco que ele se rasgasse. E com o que é que eu forrei a cama? Com uma toalha de mesa, daquelas protetoras que se coloca por baixo da toalha propriamente dita :)



E levantar a cama sozinha o trabalho que me deu!! Precisei de o fazer para conseguir agrafar por baixo... As molas que vêem espalhadas pelo chão foram os meus ricos filhos. Eu estava a usá-las para prender a toalha. Tudo muito profissional!

Depois desta primeira parte feita eu decidi descansar.
Uma hora depois, fui passar a ferro os bocados de tecido que tinha cortado. O tecido que escolhi é linho, que é só o tecido que mais se amarrota do mundo.


Depois de passar fui colocando e agrafando. Não tem grande ciência, mas cansa.

Ah, deste lado a cama está partida por isso foi mais fácil de levantar :)

Depois de algumas horas lá consegui forrar a cama toda e já estava com muito melhor aspecto pelo simples facto de ser uma cama clarinha, mas não quis que ficasse toda lisa. Sempre soube que queria aplicar tachas, mas sabem o trabalho que isso dá? Pois bem, há uma maneira de aldrabar esse efeito, que é através de um fio de metal que parece ser um monte de tachas juntinhas (nailhead trim). Comprei-o há uns tempo pelo ebay.



Vêem os buraquinhos no fio? É para pregarmos tachas verdadeiras. Ainda tive de aplicar umas quantas. Para que as tachas não entortem todas o meu truque é fazer um furo primeiro com a aparafusadora (usando a broca certa), mas tem de ser pequeno para depois a tacha ainda ter de ser martelada e ficar bem presa.

Et voilá  o resultado final.




Gosto tanto! Está tão mais gira.

Aqui fica o antes e depois.


You Might Also Like

3 comentários

Seguidores

Like us on Facebook